:::eportefólio:::

Just another WordPress.com weblog

Eportefólio – ferramenta obrigatória e transversal no processo de ensino aprendizagem

Posted by J L em Fevereiro 8, 2007

Em termos históricos sabe-se que eportefólios são uma adaptação dos portefólios de formato tradicional para o digital. Na literatura especializada surge ainda o termo webfólio que é um portefólio baseado na web, que para alguns autores difere do termo eportefólio o qual corresponde à informação recolhida em cd-rom ou em qualquer outro suporte informático.

Hoje em dia, os termos eportefólio e webfólio surgem muitas vezes identificados como sinónimos, contudo parece que o primeiro é cada vez mais usado, associado ao conceito da web 2.0 e inclui os webfólios.

Inicialmente os seus utilizadores eram artistas, os quais queriam “expor” e divulgar os seus trabalhos, numa espécie de montra online.


O eportefólio é, hoje em dia, visto como uma ferramenta de sonho! Segundo alguns autores, este instrumento do século XXI tem um efeito sobre a educação que só se compara à introdução da escolarização formal.

De acordo com a informação encontrada no site ePortefolio Portal esta ferramenta é vista como um sistema de informação baseado na web que usa meios e serviços electrónicos. O aprendiz/estudante constrói e mantêm um repositório de “objectos/artefactos” que pode usar para demonstrar as suas competências e reflectir sobre a sua própria aprendizagem.


No actual contexto europeu, o eportefólio surge como um “instrumento de facilitação da mobilidade, da transparência e do reconhecimento das aprendizagens formais e informais realizadas ao longo da vida”.

O eportefólio não é uma compilação de trabalhos estática, ele vai muito além deste simples facto. O estudante recolhe e selecciona os melhores trabalhos num processo contínuo e construído ao longo de determinado período de tempo. Esta construção não deve reflectir apenas um conjunto de conteúdos abordados numa ou mais disciplinas, mas sim fazer ligação com uma grande variedade de aspectos da vida do seu editor.


Uma outra característica não menos importante é o facto de nunca estar terminado, não é uma mera construção do dia a dia, pode ser constantemente reconstruído. O aluno constata os seus erros, reflecte e em seguida rectifica-os de forma a promover a sua evolução, é a aprendizagem centrada no aluno e controlada pelo aluno.

O aluno vive, percebe, constrói e reconstrói a sua própria aprendizagem. Sendo assim, o portefólio digital representa uma oportunidade para melhorar a qualidade do processo de aprendizagem gerida e liderada pelo próprio estudante.


Este caderno diário digital com enorme potencial pedagógico pode conter ficheiros de todos os tipos (texto, folhas de cálculo, bases de dados, áudio, vídeo, imagens, etc). O armazenamento de documentos deixou de ter limites, estes passam a ser partilhados não só com a comunidade escolar tradicional (professores e alunos), mas com todos os cibernautas.


Um dos programas comunitários mais conhecidos para produzir um eportefólio online, baseado na web 2.0, está no site seguinte: http://elgg.net/

O eportefólio da elgg permite criar uma comunidade com interesses pedagógicos comuns onde é possível partilhar o mesmo conhecimento ou as mesmas fontes. O estudante tem o seu espaço online onde pode escrever e publicar links, imagens, áudio, vídeo, etc. Permite a outros indivíduos editar, comentar ou contribuir para o mesmo fim. É possível publicar e distribuir os conteúdos, geralmente categorizados (tag), através de newsletter, email, RSS feeds, alerts, etc. Possui ferramentas de pesquisa e filtragem que permitem encontrar a informação de uma forma fácil e rápida. O administrador/editor possui direitos de gestão que lhe permitem personalizar o acesso -ou não – aos seus conteúdos.

Para melhor compreender o funcionamento de um eportefólio da ellg, antes de se registar, poderá visualizar o seguinte link: visita ao meu eportefólio.


O eportefólio surge como uma resposta positiva da educação em relação à oferta das novas tecnologias através do uso e da sistematização das mesmas para fins pedagógicos.

O aluno passa a poder trabalhar a qualquer hora e em qualquer lugar, além disso deixou de estar só, todos colaboram, todos partilham e todos têm oportunidade de demonstrar e desenvolver as suas competências.

O professor já não leva os “Trabalhos De Casa” ou os testes de avaliação para corrigir, o trabalho desenvolvido pelos alunos passa a ser divulgado e comentado online.


Não existem regras rígidas acerca do que deve conter um eportefólio. Numa fase inicial o mais importante é motivar os estudantes para a utilização desta ferramenta obrigatória e transversal no processo de ensino aprendizagem.

Contudo, de acordo com a literatura online consultada e a pesquisa em vários blogs “Ellg” um eportefólio pode conter:

  • Informações e interesses pessoais

  • Historial académico

  • Prémios

  • Certificados e diplomas

  • Comentários pessoais e reflexões

  • Trabalhos de investigação

  • Trabalhos solicitados pelos professores e respectivos comentários

  • Leituras efectuadas

  • Distribuição de conteúdos (ex: RSS)

  • Aspirações para o futuro

  • Artigos

  • Apresentações

  • Podcast

  • Gravações de vídeo

  • Recomendações

  • Relatórios

Apesar de não existirem critérios rígidos quanto ao conteúdo dos eportefólios, os objectos aí existentes deverão ter um propósito bem definido de forma a demonstrar as competências adquiridas ao longo do processo de ensino-aprendizagem.


O processo de criação de um eportefólio está geralmente definido em quatro etapas:

  1. Pesquisa e recolha de documentos

  2. Selecção dos melhores objectos

  3. Reflexão sobre os itens selecionados

  4. Ligação dos diversos aspectos da vida: pessoal, conhecimentos, trabalho e comunidade

Depois de tudo o que foi dito queria apenas concluir este trabalho reforçando a ideia dos eportefólios como uma ferramenta dinâmica e flexível para professores, formadores e estudantes onde sobressai grande potencial educativo, social e transversal. O portefólio digital é uma ferramenta obrigatória que permite saber onde o seu editor esteve, onde está e onde deveria ter chegado.

Referências

http://gabinetedeinformatica.net/wp15/2007/01/05/portafolios-electronico-que-son-y-como-pueden-beneficiar-experiencias-de-aprendizaje-i/

http://en.wikipedia.org/wiki/EPortfolio

http://www.danwilton.com/eportfolios/whatitis.php

http://www.educause.edu/ELI/5524

http://es.wikipedia.org/wiki/Portafolio_de_aula

http://www.uminho.pt/ModuleLeft.aspx?mdl=~/Modules/UMEventos/EventoView.ascx&ItemID=502&Mid=232〈=pt-PT&pageid=118&tabid=0

http://education.guardian.co.uk/elearning/story/0,,1724614,00.html

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

 
%d bloggers like this: